Quinta-feira, 16 de Junho, 2016 às 11:36h

Ministro da Saúde garante repasse de R$ 11,5 milhões para o HC

A previsão é que a verba seja liberada a partir de 30 de junho

O governador Beto Richa se reuniu nesta quarta-feira (15) com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, em Brasília, e tratou das pendências do governo federal com o Paraná na área. A principal delas foi os repasses da União para o Hospital de Clínicas, da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O Ministério garantiu a Richa o repasse de R$ 11,5 milhões para a unidade – R$ 1,52 milhão em investimentos e mais R$ 10 milhões por ano de custeio.

A previsão é que a verba seja liberada a partir de 30 de junho. Os recursos poderão ser usados em obras, adequações e compra de materiais e insumos.

O HC é referência no atendimento de urgência e emergência no Estado e passa por um momento de dificuldade com falta de repasses federais.

“Viemos tratar de um dos grandes problemas enfrentados nessa área, que é a dos hospitais públicos, como o do Hospital de Clínicas, que vive uma situação dramática por falta de recursos federais. Tanto que o Governo do Paraná já socorreu o Hospital de Clínicas, muito embora seja um hospital federal. Nós nos sensibilizamos com a situação e garantimos o custeio de mais de R$ 4 milhões e, também, grande volume de remédios e insumos médicos para garantir o seu funcionamento” disse Richa, logo após a reunião.

O governador avaliou que o encontro foi proveitoso e o pleito foi atendido. “O ministro Ricardo Barros já garantiu, de pronto, mais de R$ 1,5 milhão de capital e R$ 10 milhões por ano de custeio”, disse.

Richa ressaltou a importância de ter um representante paranaense no Ministério da Saúde. “Ficamos muito felizes que uma pasta como essa seja comandada por um paranaense com condições de promover importantes avanços para o País e ter um olhar especial para o nosso Estado”, disse. Richa estava acompanhado do reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho, e do superintendente do Hospital de Clínicas, Flavio Daniel Tomasich.

REPASSES – No último dia 31, o governador confirmou repasses mensais de R$ 340 mil ao Hospital de Clínicas, que totalizam R$ 4 milhões ao ano. Os recursos de custeio são do programa HospSUS, do Governo do Estado, e começaram a ser repassados já em junho. O dinheiro vai auxiliar na manutenção das atividades do hospital, referência estadual em diversas áreas do Sistema Único de Saúde (SUS).

Além dos recursos de custeio, o Governo do Estado também se propôs a contribuir com a aquisição de equipamentos e de suprimentos para o hospital. A Secretaria de Estado da Saúde enviou, em 11 de maio, um lote com 27 tipos de medicamentos e uma série de materiais médico-hospitalares para suprir uma necessidade emergencial da unidade. O investimento foi de R$ 94 mil.

Entre os itens estavam sondas, bisturis, termômetros, ataduras, cateteres, agulhas, talas, drenos, seringas, luvas cirúrgicas, compressas e outros materiais básicos que serão distribuídos para diversos setores do hospital.

A UNIDADE – O HC tem 430 leitos e faz uma média de 30 mil consultas ao mês, além de 1,3 mil internações e 540 cirurgias. Cerca de 3,2 mil funcionários trabalham na instituição, que tem ainda 350 vagas de residência médica e 270 de residência multidisciplinar por ano. Cerca de 11 mil pessoas circulam diariamente pelo Hospital, que é referência para os atendimentos de urgência e emergência e integra a Rede Mãe Paranaense, com a assistência integral a gestações de alto risco.

Fonte: Bem Paraná