Terça-feira, 04 de Fevereiro, 2020 às 17:24h

Criança com Síndrome de Down é barrada em espaço kids, no Aurora Shopping, em Londrina/PR

Segundo a mãe da criança, a forma como a instrutora falou deu a entender que a filha não podia entrar no brinquedo devido à condição de ter síndrome de down.

Uma criança de 7 anos com Sindrome de Down foi barrada na entrada do Vertical Kids, no Aurora Shopping, em Londrina. A mãe da criança, Izabela, diz que as pessoas devem ser mais humanas com as outras e respeitar o ser humano, propriamente dito. O caso ocorreu no final de semana, ocasião em que a instrutora pediu para que a mãe acompanhasse a filha no brinquedo.

Em nota, a assessoria do shopping pontua que o Vertical Kids é uma empresa terceirizada e que já foi notificada sobre a circunstância, inclusive pediu para que os funcionários sejam melhores capacitados para o atendimento ao público. A funcionária, por sua vez, afirmou que teria pedido para mãe entrar junto com a criança. Conforme ela, esta exigência é feita para crianças com até 5 anos, e embora a filha de Izabela tenha 7, a funcionária teria pedido isso porque o parque, segundo ela, estava mais cheio que o comum.

Segundo Izabela, a forma como a instrutora falou deu a entender que a filha não podia entrar no brinquedo devido à condição de ter síndrome de down.
“Não queria entrar no brinquedo, contestei porque não poderia, e foi dito que era por causa das outras crianças, mas não soou nada amigável a forma como a pessoa falou”, explica em entrevista.

A mãe conta que a instrutora não deu uma explicação plausível para a situação. “Não disse que era por conta de segurança, nem por normas da empresa. Meu filho quis entrar também e não foi exigido nada dele, as outras crianças entraram e não foi exigido nada. A resposta dela foi essa, curta e grossa”.