No ar
Wagner Alexandre
Batidão Popular
Terça-feira, 02 de Agosto, 2016 às 10:54h

Aberta a temporada de nevoeiros nas estradas do Paraná

Por isso, a Ecovia Caminho do Mar inicia nesta semana uma campanha de conscientização dos motoristas sobre os cuidados de direção que devem ser tomados em trechos da rodovia com neblina

Agosto é o mês do inverno que concentra o maior volume de formação de neblina nos períodos da manhã e noite nas estradas paranaenses, especialmente nos trechos de serra, como o da Serra do Mar, na BR-277, entre Curitiba e o litoral. A neblina, também chamada de nevoeiro, é causada pela condensação da água evaporada, formando nuvens próximas ao solo. Esta condensação ocorre quando o ar quente entra em contato com o pavimento frio das rodovias.

Por isso, a Ecovia Caminho do Mar inicia nesta semana uma campanha de conscientização dos motoristas sobre os cuidados de direção que devem ser tomados em trechos da rodovia com neblina. Esse é o tema do mês da campanha de segurança no trânsito que a concessionária iniciou neste ano e que já abordou outros temas importantes para a orientação dos motoristas, como excesso de velocidade e álcool de direção, entre outros.
A campanha com dicas de segurança para trechos com neblina começa amanhã, com a distribuição de 10 mil folders educativos nas cabines da praça de pedágio de São José dos Pinhais. A distribuição será feita no início das manhãs e noite, períodos de maior ocorrência de formação de neblina no trecho da Serra do Mar.
O gerente de atendimento ao usuário da Ecovia, Raul Boff, lembra que o maior problema causado pelo nevoeiro é a diminuição da visibilidade nas estradas. “É preciso estar atento para evitar acidentes como colisões traseiras, abalroamentos laterais e saídas de pista”, explica.
A concessionária destaca que o uso dos faróis acesos, até mesmo durante o dia, agora é obrigatório, de acordo com o artigo 40 do Código Nacional de Trânsito. “São dicas simples, mas que podem salvar vidas. Alguns motoristas descuidam e adotam comportamento de risco, especialmente no que se refere à redução da velocidade e o aumento da distância do veículo da frente. A campanha tem por objetivo relembrar e reforçar esses cuidados”, explica Boff.

Fonte: Bem Paraná